quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Carnaval


as coisas que uma pessoa encontra quando resolve arrumar o mail...


A minha avó adorava o Carnaval e, como boa modista que era, insistia em vestir a rigor a minha mãe que detestava o Carnaval.
A minha mãe, que detestava o Carnaval - como prova a expressão compungida com que ficou registada nas fotografias - teve uma filha que adorava o Carnaval.

Dado que a avó morava longe e nem sempre podia fazer as fatiotas da neta e mãe e avó nunca deixaram a criança chegar perto da caixa de costura - algum trauma de Bela Adormecida que nunca percebi -, a filha idealizava as fatiotas que a mãe, sem qualquer vocação para modista, fazia até às tantas da noite da véspera como regista a cara de sono da filha na figura junto.

Espero sinceramente que se mantenha a tendência familiar e o meu filho saia à avó dele para eu não ter de passar pelo que fiz passar a minha mãe.
Posso gostar muito do Carnaval, mas - não vá o trauma da Bela Adormecida ter razão de ser - até hoje não me aproximo de nenhuma caixa de costura...

1 comentário:

Maria disse...

achei piada a este blog:)
Bom Carnaval!